Papel para cartonagem. O que você precisa saber.

A prática da cartonagem é uma tradição entre os amantes das artes manuais, sendo amplamente usada por ser versátil e possibilitar a criação de uma grande variedade de peças.

Cartonagem é a técnica de construir objetos utilizando cola, tecido e papéis adequados. Você também pode incrementar a produção usando outras ferramentas, como a pistola de cola quente e diferentes cortadores, mas o principal mesmo é o tecido, preferencialmente 100% algodão, e os papéis.

O tipo de papel adotado para a cartonagem é o papelão cinza ou cartão cinza, também conhecido popularmente como papel holler, que é feito de papel reciclado. Escolher o material e saber trabalhá-lo é muito importante. Por isso, vamos ajudar você com este guia prático sobre papel para cartonagem.

Você pode utilizar nossas dicas já na construção da sua próxima peça! Então vamos lá?

1. Avalie bem a espessura a ser utilizada

A espessura do papel é um fator essencial a ser considerado na montagem de peças artesanais. A dica básica é usar um papel rígido e minimamente grosso, pois as peças de cartonagem precisam de uma boa estrutura para se manterem firmes.

Aí você pode estar pensando que então é só escolher o papelão com maior espessura possível e problema resolvido. Mas não é bem assim. Trabalhar com um papel cartão espesso demais só dará mais trabalho e levará a esforços desnecessários. Para cada tipo de peça, existe uma espessura mais adequada.

Então aqui vão algumas dicas de peças de acordo com a escala de espessura:

  • tenha como referência o mínimo de 1,5 mm para qualquer peça, sendo que, com uma espessura um pouco maior, já é possível fazer encadernações pequenas, como bloquinhos de anotações, por exemplo;

  • com papel de espessura entre 1,8 e 1,9 mm recomenda-se fazer caixas ou maletas cartonadas de até médio porte;

  • por volta de 2,3 a 2,4 mm, já é possível fazer peças grandes, como caixas maiores ou então a estrutura de objetos que precisarão de suportar mais peso.

2. Experimente usar diferentes tamanhos e cores de papel para cartonagem

Além do papel cartão cinza, existem também os papéis coloridos para trabalhar a cartonagem. Basicamente se trata do mesmo material, mas um dos lados do papel é pintado de alguma cor, o que abre várias possibilidades de criação, já que é possível deixar a parte colorida sem tecido.

Há também variedade no tamanho dos papéis disponíveis; o material pode ser encontrado em tamanho A3, A4 e A5. Isso agiliza o trabalho, pois torna o corte mais fácil de ser feito. E um dos segredos da qualidade da confecção de uma peça de cartonagem é a precisão do corte no papel.

3. Conheça as possibilidades que o mercado oferece

A prática da cartonagem ainda pode ser mais explorada pelos artesãos, pois existem várias possibilidades de criação. Isso significa que existe bastante espaço para investir e produzir com essa técnica.

O custo da matéria-prima é reduzido, pois a base se trata de papel, tecido e cola. E são diversos os objetos a serem criados, desde calendários, maletas e caixas a porta-retratos, porta-chaves e bandejas. Assim, é possível obter um bom retorno em dinheiro ao transformar esse material em verdadeiros objetos de arte.

O conhecimento sobre papel para cartonagem pode levar você a alavancar sua produção artesanal. Seja para fins terapêuticos ou mesmo para iniciar sua própria marca de produtos cartonados, ter essas dicas em mente certamente tornará seu trabalho mais simples e prazeroso.

Por que não começa agora mesmo a construir uma peça? Dê uma olhada em nossa loja e conheça inúmeros materiais. E, para tirar suas dúvidas e saber mais, entre em contato conosco!

Powered by Rock Convert

Quer receber mais conteúdos como esse ?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Share This